O video abaixo, publicado no The Guardian hoje (18/07), revela o que para nós não é novidade. De um lado, organizadores defendem; do outro, agonizadores agonizam.

O contraste entre o abandono da UERJ e o investimento no Maracanã é a triste constatação duma inversão de valores perversa.

Deixe uma resposta